A Esfirra (ou esfiha) é um acepipe originário da Síria e do Líbano, mas igualmente apreciado na maioria dos países do Oriente Médio. No Brasil, essa pérola do Levante chegou de carona com os imigrantes, nos séculos XIX e XX, e se tornou bastante popular. Tradicionalmente, sua massa era semelhante à do pão, mas acabou ganhando novos ingredientes à medida que passou a ser preparada nas mais diversas regiões.

Quanto ao formato, a esfiha pode ser aberta e fechada. O recheio vai de carne bovina ou ovina ao queijo ou verduras temperadas. Eu, particularmente, sou fã da esfiha fechada e com recheio de carne, mas a aberta, com um limãozinho espremido e umas gotinhas de molho de pimenta, também vai muito bem.

Confira a seguir, depois da lista de ingredientes, como é fácil preparar esfihas que dão de 10 naquelas que a gente compra em redes de fast-food supostamente árabes (como Habib’s e Mister Sheik):

Para a massa:

― 1 kg de farinha de trigo;

― 2 chávenas de água morna;

― 50 g de fermento (biológico, o mesmo usado na massa de pão);

― 4 colheres (sopa) de açúcar;

― 1 colher (sopa) de sal;

― 1 chávena de óleo ou azeite.

Para o recheio:

― ½ kg de carne moída (patinho ou miolo de acém);

― 1 cebola grande picada;

― 4 tomates maduros, mas firmes (sem as sementes);

― 4 dentes de alho graúdos;

― 1 maço de cheiro verde (ou salsinha);

― Suco de 2 limões;

― Sal e pimenta do reino a gosto.

Misture o fermento com o açúcar, junte o sal, o óleo e a água morna, adicione a farinha aos poucos, sempre mexendo, até dar ponto (ou seja, até a massa deixar de grudar nas mãos). Deixe descansar numa peneira (para que o excesso de líquido escorra) até dobrar de tamanho. Se quiser, coloque uma bolinha de massa num copo com água e esperar ela flutuar, sinalizando que está pronta para ser trabalhada.

Enquanto espera a massa crescer, refogue a carne moída num fio de azeite, com o alho cortado em lâminas e a cebola bem picadinha. Tempere com o sal e a pimenta. Quando estiver pronto, adicione a salsa e o tomate (tudo bem picadinho).

A essa altura, a massa deve estar no ponto. Corte em pedaços de tamanho mais ou menos uniforme, faça bolinhas e deixe-as descansar por alguns minutos. Depois, abra essas bolinhas com um rolo de macarrão (ou uma garrafa de vidro, caso não disponha do utensílio adequado), coloque uma colherada do recheio no centro de cada uma delas e feche-as, formando um triângulo (vide imagem ilustrativa).

Pincele as esfihas com gema de ovo, coloque-as numa assadeira enfarinhada, leve ao forno (pré-aquecido a 180°C), deixe dourar e sirva em seguida.