Recebi esta receita por email, experimentei, gostei e resolvi compartilhar aqui na comunidade ― os veganos que me perdoem, mas filé mignon é fundamental.

Note que desta vez não se trata de medalhões, rosbife, nem nada parecido. Trata-se ― e aí está o inusitado da coisa ― de enrolar a carne em... massa folhada!

Pare estranho, né? Mas pode fazer sem susto, que fica bem bacana. Veja aí os ingredientes e como preparar o prato (oriente-se pelas figuras que ilustram esta postagem).

― 1 pacote de massa folhada;

― 1 pedaço de filé mignon (aproximadamente 400g), bovino ou suíno;

― Sal, pimenta-do-reino, alho, louro, mostarda e cheiro-verde a gosto;

― Fatias de presunto (3 ou 4, mas a quantidade a gosto do freguês);

― 100 g de queijo parmesão ralado;

― 1 gema de ovo (para pincelar).

Acenda o forno para pré-aquecer (180°C) e faça uma “papinha” com a mostarda, o alho, o sal, a pimenta, o louro e o cheiro verde (bem picadinho). Esfregue essa mistura na carne e deixe-a descansar por alguns minutos, para agregar o tempero. Enquanto isso, estenda a massa folhada sobre a mesa ou tampo da pia, corte as laterais, acomode sobre a massa as fatias de presunto e polvilhe o queijo parmesão ralado. Reserve.

Sele o filé numa frigideira, usando um pouco de manteiga ou um fio de azeite. Quando a carne estiver dourada por todos os lados, acomode-a sobre as fatias de presunto polvilhadas, enrole a massa, decore com os pedaços [de massa] que sobraram (lembra o recorte que eu disse para fazer, no primeiro parágrafo?) e pincele com gema de ovo. Leve ao forno por cerca de ½ hora e sirva em seguida, com o acompanhamento de sua preferência.