O molho “alla puttanesca” é uma variação ― ou aprimoramento ― do molho “al sugo”, o que faz dele uma excelente alternativa para quem está cansado da mesmice do macarrão à bolonhesa. Na Itália, a receita tradicional pede espaguete, mas talharim, penne, farfalle e parafuso também ficam uma delícia com esse complemento.

O nome remete a “puttana” ― puta, em italiano ―, o que nos permite traduzir a expressão “alla puttanesca” como “à moda das putas”. Arthur Schwartz, no livro Naples at table, diz que “o nome dessa receita derivou, no início do século, do proprietário de uma casa de prostituição no bairro Quartieri Spagnoli, que habitualmente fazia os próprios hóspedes recobrarem as forças com esse prato, aproveitando a rapidez e facilidade de preparação”.

Passando ao que interessa, para servir de 4 a 5 pessoas, você vai precisar de:

―500 gramas de massa (a receita original leva espaguete, mas até aí...);
― Pimenta dedo-de-moça, alho e salsa a gosto;
― 10 azeitonas verdes e 10 pretas
― 1 colher (sopa) de alcaparras;
― 10 tomates-cereja;
― 1 lata de cerveja (opcional)
― 2 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem (tanto melhor se for italiano).

Aqueça no azeite de oliva o alho cortado em lâminas, as azeitonas (descaroçadas e cortadas ao meio), as alcaparras e a pimenta. Regue com um pouco de cerveja, deixe apurar e então junte os tomates-cereja cortados em fatias finas (sem as sementes) e a salsinha picada. Paralelamente, cozinha a massa al dente (só adicione um pouquinho de sal à água quando ela estiver a ponto de ferver, para não retardar o processo). Escorra, transfira para uma panela, despeje o molho (se necessário, misture um pouquinho da água do cozimento da massa), leve ao fogo e misture com uma colher de pau (por cerca de um minuto ou pelo tempo suficiente para aquecer a mistura). Transfira para uma travessa, polvilhe com queijo parmesão ralado e sirva em seguida.

Dica: Se você quiser deixar o molho mais “substancioso”, lave cerca de 400 g de tomates tipo italiano (bem maduros), faça dois cortes (superficiais) na parte de baixo de cada um deles ― de modo a formar uma cruz ―, coloque-os em água fervente por alguns minutos, escorra, deixe amornar e puxe a pele delicadamente, usando a ponta dos dedos. Depois, passe-os numa peneira e adicione o “creme” ao molho, depois da etapa da cerveja. Fica uma delícia.