Para quem não sabe, o Steak Tartar é uma iguaria russa feita à base de carne crua, que pode ser servida como aperitivo, entrada ou prato principal. Os ingredientes são os seguintes:

- 200 gramas de filé mignon ou patinho (moído ou finamente picado);

- Azeite de oliva extravirgem;

- Sal;

- Pimenta do reino;

- Pimenta caiena;

- 1 gema de ovo;

- 1 colher (sobremesa) de cebola ralada;

- 1 colher (sopa) de mostarda; 1 colher (café) de alcaparras;

- 1 colher (chá) de salsinha picada;

- 1 colher (chá) de cebolinha picada;

- 1 colher (chá) de molho inglês;

- Suco de 1 limão;

- Molho de pimenta tipo Tabasco.

Para preparar, selecione um pedaço da carne que não apresente nervuras ou gordura e passe-o (uma vez) pela máquina de moer — se preferir a carne picada, corte-a em tirinhas, sempre contra o sentido das fibras, e pique tudo bem picadinho.

Junte a cebola ralada, a salsa e a cebolinha picadas e misture tudo gentilmente com uma colher de pau, enquanto acrescenta o azeite, o sal, as pimentas e os demais ingredientes. Depois, faça uma “bola” com a carne, coloque-a num prato, achate-a com as mãos até formar uma espécie de “hambúrguer gigante”.

Faça então uma concavidade circular no centro e despeje ali a gema do ovo — crua, na receita tradicional, mas nada o impede de cozinhar o ovo, se preferir — e mantenha no refrigerador até o momento de servir. Para acompanhar, uma salada de alface, tomate e cebola e torradinhas ou batatas chips, mas há quem disponha pepinos em conserva e/ou azeitonas descaroçadas em volta do bife; eu, particularmente, prefiro palmito em rodelas e ervilhas frescas temperadas com lascas de alho cru, queijo parmesão ralado polvilhado e um fio de azeite, mas isso vai do gosto do freguês.

Bom apetite, bom domingo e até a próxima, se Deus quiser.